CASA - 26/06/2020

Arquitetura Interior

Vencedora do 2º Concurso Expressão Portinari, Mariela Romano preparou escritório que reflete sua personalidade



Victor Lisita

A arquiteta mesclou as coleções Tavola e Downtown da Portinari, proporcionando o calor e a nobreza da madeira com a atmosfera urbana e industrial do cimento (Foto: Luana Ribeiro)

Entre mais de 700 trabalhos concorrendo por todo o Brasil, o escritório da arquiteta e designer de interiores Mariela Romano levou para casa o prêmio de melhor projeto Comercial na 2ª edição do Concurso Expressão Portinari. Idealizado para celebrar os 20 anos da empresa, o trabalho conta com produtos destaque do mercado para mostrar aos clientes as melhores opções dentro da arquitetura e do design de interiores. Um local feito para os consumidores que funciona como um espelho da personalidade profissional de Mariela, transportando os seus maiores desejos em termos de arquitetura para a realidade.

“A inspiração foi em mim e nos meus projetos. Gosto de trabalhar com materiais naturais, como madeira, pedra e verde, então levei para o escritório esse aspecto”, explica. Por todo o espaço, o porcelanato Tavola e Downtown Hexa, ambos da Cerâmica Portinari, abraçam cada pessoa que chega. O primeiro, inspirado em mesas de madeira, com formato de régua e cores quentes. Já o segundo abriga o conceito de urbanismo, vida movimentada e modernidade. Combinados, os dois concebem um espaço que mescla o aconchego e a nobreza da madeira com a aura urbana e industrial do cimento.

Sem consciência de que o trabalho pudesse levar o prêmio para casa, a arquiteta conta que a surpresa ao receber a ligação foi única. “A felicidade foi muito grande. Considero uma forma de reconhecimento de todos os meus projetos. Foi como se os meus clientes tivessem ganhado comigo.” Da recepção ao lavabo e do financeiro aos escritórios da empresa, é possível encontrar o uso de várias cores em detalhes para contrastar com as tonalidades neutras de parte do mobiliário. A iluminação, direta e indireta, permite que cada particularidade do lugar tenha destaque.

 “O maior desafio foi executar tudo da maneira que planejamos. Além de comparar involuntariamente com o que já usamos em outros projetos, também tivemos muito cuidado para que os clientes se sentissem acolhidos, como se estivessem em casa”, afirma. Sem conseguir escolher um objeto que mais se relaciona com as sensações que o local visa passar, Mariela explica que tudo possui uma história e significado, desde o detalhe da laje aparente e paginação do piso até as escolhas de cada um dos livros.

Representando Goiás entre os vitoriosos, Mariela e os ganhadores na Categoria Profissional foram presenteados com uma viagem à Singapura, um verdadeiro paraíso para os amantes e profissionais de arquitetura.

(Foto: Luana Ribeiro)

Matéria publicada na 44ª edição da revista Zelo

Veja também