CASA - 26/06/2020

Retorno às raízes

Projetado pelos arquitetos Lucas Machado e Isabella Gondim, “Quarto do Jovem Tecnológico” retoma o passado para imaginar o futuro



Victor Lisita

A marcenaria projetada pelos profissionais chama atenção. A mesa de cabeceira pode ser utilizada de ambos os lados, conforme a necessidade do morador (Foto: Show.Me Fotografias)

Moderno e vintage se completam no Quarto do Jovem Tecnológico, ambiente de 21m² projetado pelos arquitetos Lucas Machado e Isabella Gondim para a Mostra Kzulo 2019, em Anápolis. Através dos detalhes, a dupla imaginou como seria atualmente o espaço se seu dono, Roberto Homsi, um jovem à frente do seu tempo, ainda morasse lá. 

Posicionado dentro do banheiro, sem portas, para que haja uma integração total com o restante do espaço, o quadro da Urban Arts com os dizeres Open Your Mind sintetiza o projeto. Um ambiente “fora da caixa”, que permite estar em contato com a tecnologia em qualquer lugar, seja por meio da internet, da TV ou com música e até projeções. Em meio a gêneros musicais diversos, o sistema de som, empregado em todo o espaço, se junta ao telão, que pode ser visto até mesmo do banheiro, com o intuito de transportar os visitantes a um momento único.

Proprietário da primeira loja de importados de Anápolis, Roberto já havia disposto um sistema de iluminação pelo ambiente na época em que viveu lá. “Com perfil iluminado, nós empregamos maior tecnologia nas luzes e posicionamos uma opção direta, para leitura e troca de roupa, e indireta, que deixa o ambiente mais aconchegante para assistir a um filme, por exemplo”, destaca Lucas.

Os tons de cinza concreto, em uma das paredes e no teto, e o tomilho seco, atrás do armário e na bancada de estudos, se completam com elementos característicos da cultura árabe, homenagem da mostra este ano. Além da manta com estampa arabesca e o skyline de Dubai, detalhes em dourado nas luminárias e nos interruptores relacionam-se à riqueza daquela cultura.

No décor, a marcenaria planejada, como a da cama, projetada pelos arquitetos, conversa harmonicamente com peças vintage garimpadas no acervo de Roberto. Sem se esquecer da modernidade, “a mesa de cabeceira foi idealizada de forma suspensa e apoiada sobre barras para o morador modular a utilização, podendo ser usada em ambos os lados”, explica Isabella. Resultado: um visual descolado sem deixar de lado o toque de aconchego que a cama pede.

À frente da janela, a cortina Duette da Hunter Douglas, revendida pela Revestic, permite configurar a entrada de luz. “Ela possui um sistema de ‘cenas’, configurado através do celular”, conta Isabella. A tecnologia, lembra Lucas, é toda automatizada, e permite a programação de um horário para abrir e fechar. Na escrivaninha, uma cadeira Herman Miller possibilita uma melhor ergonomia por ter o formato da coluna vertebral e regulagem do assento para todas as alturas.

“O que mais me interessou foi saber que, mesmo em sua época, Roberto já não se contentava com o que estava em suas mãos. Ele buscava o moderno, o inovador”, afirma Isabella. Sentimento que guiou a dupla na produção do armário sem portas, feito em metal, madeira e vidro, “elementos que se casam com o painel ripado na cabeceira da cama e a pedra Relic Gray na parede do banheiro. Além da modernidade, também empregamos um estilo rústico ao ambiente”, detalha Lucas.

O quadro “Open Your Mind”, da Urban Arts, sintetiza todo o projeto (Foto: Show.Me Fotografias)

Os arquitetos Isabella Gondim e Lucas Machado (Foto: André Cywinski)

Isabella Gondim – AUtem Arquitetura
(62) 98136 9698
Studio Lucas Machado
(62) 99620 8455

Matéria publicada na 44ª edição da Revista Zelo

Veja também